Conheça as principais regiões produtoras de Scotch Whisky

Por . em 6/09/2021

Um dos spirits mais requintados da coquetelaria surgiu há mais de 500 anos. Sua origem é rodeada de controvérsias e com poucos registros e documentos, com relatos de onde realmente surgiu a bebida. Enquanto algumas fontes citam que foram os monges irlandeses como os pioneiros na fabricação do destilado, outras dão como certo que os inventores foram os fazendeiros escoceses de highlands, com o nome uisce beatha, ou água da vida.

Durante séculos, as produções de whiskies na Escócia foram aprimoradas, mas sem perder o toque de sensibilidade humana, o que lhe garantiu um lugar de destaque nos bares ao redor do mundo. Porém, para a bebida ser considerada oficialmente um Scotch, ela deve (além de ser destilada e maturada somente na Escócia) ser produzida a partir da cevada ou de grãos maltados, devendo ser duplamente destilada e envelhecida em barris de carvalho por no mínimo 3 anos.

Atualmente existem mais de 100 destilarias de whisky espalhadas pelas regiões que produzem o destilado na Escócia e, de acordo com a localidade onde é produzida, a bebida assume características diferenciadas. Fatores como a composição do solo, água, clima e vegetação afetam diretamente no sabor dos ingredientes e no destilado final.

A Escócia se divide em cinco principais regiões produtoras de Scotch Whisky: Campbeltown, Highland, Islay, Lowland e Speyside, cada uma com suas particularidades e com seus diferenciais.

Principais regiões produtoras

Speyside: Em Speyside se concentram pelo menos metade das destilarias escocesas, é a maior produtora de whisky do país. É banhada pelo rio Spey, e os whiskies produzidos nesta região apresentam toques florais e frutados.

Highlands: região montanhosa, com campos e florestas extensas. Os whiskies de Highlands são aromáticos, robustos e com toques de turfa. A palavra glen é bastante utilizada na composição dos nomes de whiskies desta região e também em Speyside.

Lowlands: mais ao sul da Escócia, está é uma região de campos e planícies. Por ter terras tão extensas e um clima ameno, a região produz principalmente whiskies de grãos. Depois, muitos deles são usados em blended whiskies, como Chivas Regal e Passport Scotch. As bebidas produzidas nesta região adquirem sabor final suave, leve e um tanto adocicado.

Islay: formada por algumas pequenas ilhas no sudoeste do país, a ilha de Islay se consagrou como a mais importante de todas. O solo vulcânico da região, a brisa do mar e a água salgada conferem características únicas ao produto. Os whiskies fabricados em Islay costumam ter sabor salgado, seco e defumado.

Campbeltown: assim como os de Islay, o whisky desta região também é produzido junto ao mar. Suas características são bastante encorpadas e turfadas.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as principais regiões produtoras de whisky na Escócia e suas características, que tal garantir o seu na Imigrantes Bebidas e deixar nos comentários o que achou dessa fantástica bebida? Acesse nosso site e adquira o seu agora mesmo! www.imigrantesbebidas.com.br

Comentários
0 Comentários
Cadastre seu E-mail para receber ofertas exclusivas